Fechar
Metadados

%0 Thesis
%4 sid.inpe.br/jeferson/2004/06.07.14.45
%2 sid.inpe.br/jeferson/2004/06.07.14.45.04
%A Gomez, Arthur Tórgo,
%T Modelo para sequenciamento de partes e ferramentas em um sistema de manufatura flexível com restrições às datas de vencimento e a capacidade do magazine
%D 1996
%E Carvalho, Solon Venâncio de (presidente),
%E Lorena, Luiz Antonio Nogueira (orientador),
%E Rios Neto, Atair,
%E Yanasse, Horacio Hideki,
%E Simoni, Paulo Ouvera,
%E Marins, Fernando Augusto Silva,
%E Moccellin, João Vitor,
%8 1996-12-19
%J A model for seguencing of parts and tools in flexible manufacturing systems with due dates and tooling constraints
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%C São José dos Campos
%K ferramentas de manufatura, manufatura flexível.
%X Utilizando os conceitos de Tecnologia de Manufatura Flexível, aplicados a um "job shop", é proposto um Modelo para gerar o sequenciamento das partes e dos conjuntos de ferramentas, necessários para processá-las. As partes são processadas em uma máquina versátil que possui um magazine com capacidade limitada para armazenar os conjuntos de ferramentas. Na geração das sequências das partes e dos conjuntos de ferramentas são abordados os problemas de Seleção de Partes, Carregamento de ferramentas e de "Scheduling" com restrições de ferramentas e de datas de vencimento. A capacidade do magazine, assim como as datas de vencimento das partes e os períodos dos turnos de produção são respeitados. As restrições impostas pelas datas de vencimento aparecem como um fator complicador na geração do Modelo. O sequenciamento das partes deve considerar tanto as restrições das ferramentas, quanto ao tipo e capacidade do magazine, como o tempo de atraso no processamento das partes. O problema de Carregamento de Ferramentas é tratado em duas abordagens: minimização do número de trocas de ferramentas e minimização do número de instantes de parada para a troca de ferramentas. No problema de "Scheduling" é dado ênfase ao problema do Atraso que trata do conflito entre atender às datas de vencimento das partes e ao agrupamento de partes existente em relação ao conjunto de ferramentas. O objetivo é gerar um Modelo de otimização que permita, a partir da mesma solução inicial, obter diferentes sequências de partes e de conjuntos de ferramentas que contemplam diferentes estratégias de otimização. As estratégias de otimização são definidas conforme os valores atribuídos aos pesos das parcelas da função objetivo. As parcelas consideradas na função objetivo são os tempos totais de produção, de atraso, de "setup"correspondente ao número de trocas de ferramentas, de "setup" correspondente ao número de instantes de parada para a troca de ferramentas e dos períodos ociosos dos turnos de produção. Para isto foram desenvolvidos dois algoritmos para gerar os agrupamentos iniciais das partes e ferramentas e o "scheduling" inicial das partes. Utilizando-se técnicas da pesquisa Tabu são obtidas as sequências desejadas que refletem a estratégia definida pelo conjunto de valores atribuídos aos pesos da função objetivo. Testes e comparações de resultados c da performance do Modelo são apresentados ao final do trabalho. ABSTRACT: A model is proposed to make the scheduling of parts and tools in a job shop, using concepts of Flexible Manufacturing Technology. The parts are processed on a flexible machine that has one magazine with limited tool capacity. The problems of parts selection, loading tools, and scheduling with due dates and tooling constraints are studied in this work. The due dates and the turns of the production are respected. The scheduling of parts must consider the due dates and tooling constraints. The problem of loading tools is considered in two approaches: minimizing the number of tool switching and the number of stops for tool switching. 'Me goal is to obtain an optimization model that provides differents schedulings of tools and parts. The optimization strategies are defined using objective function weights. The parcels considered in the objective function are: the maximum flow time (makespan), the delay time, the number of stops for tool switching , the number of tool switching and the idle period at the turns of production. Two algorithms have been developed to give the initial grouping of parts and tools and the initial scheduling of the system. Using Tabu search techniques, the parts and tools scheduling are obtained in accordance to the weigths of the objective function.
%@language pt
%9 Tese (Doutorado em Computação Aplicada)


Fechar