Fechar
Metadados

Área de identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGPDW34R/3U53DE2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.24.18.27
Última Atualização2019:09.24.18.27.35 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.24.18.27.35
Última Atualização dos Metadados2020:05.13.20.00.45 simone
Chave de CitaçãoFalcãoPetr:2019:AvCoLo
TítuloAvaliação e comparação de longo prazo da simulação ionosférica do INPE com modelo ionosférico e dados observacionais
FormatoOn-line
Ano2019
Data de Acesso04 mar. 2021
Número de Arquivos1
Tamanho67 KiB
Área de contextualização
Autor1 Falcão, Gabriel Sandim
2 Petry, Adriano
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 gsfalcao09@gmail.com
2 adriano.petry@inpe.br
EditorSantos, Rafael Duarte Coelho Dos
Mattos, Ariane Frassoni Dos Santos De
Mello, Carina Barros
Queiroz, Gilberto Ribeiro De
Vasconcelos, Leandro Guarino De
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Forti, Maria Cristina
Gatto, Rubens Cruz
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos
Data12-13 ago. 2019
Título do LivroAnais
Editora (Publisher)Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Tipo SecundárioPRE CN
OrganizaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Histórico2019-09-24 18:29:02 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 12:48:41 :: administrator -> simone :: 2019
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavesimulação ionosférica.
ResumoCom o objetivo de comparar e analisar o desempenho da simulação ionosférica realizada com o modelo utilizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Sheffield University Plasmashpere-Ionosphere model (SUPIM), em relação a outros modelos e dados, ampliamos a nossa base de dados e refizemos algumas simulações que possuíam dados duvidosos para darmos início ao processo de comparação com outros modelos. Nossa análise tem como referência os níveis de conteúdo total de elétrons (TEC) presente numa trajetória entre transmissor e receptor de ondas de rádio e que afeta o comportamento da mesma de acordo com sua intensidade. Sabendo que cada modelo prevê uma quantidade diferente de TEC, buscamos analisar o porquê das divergências e comparar o resultado final de cada um. O SUPIM prevê o comportamento ionosférico através de equações de continuidade, movimento e conservação de energia e processos físicos e químicos, não fazendo uso de nenhum dado observacional. Outros modelos como o International Global Navigation Satellite System (GNSS) Service (IGS) faz uso de dados observacionais, possuindo estações espalhadas pelo mundo, tornando interessante a comparação de desempenho com o SUPIM. Um fator importante nesses dois modelos é a influência do fluxo solar nas suas previsões, já que foi visto que o modelo IGS é mais afetado pelas suas variações do que o SUPIM, que obtém esses dados da Solar Irradiance Platform (SIP). Sendo assim percebemos que em períodos com uma atividade solar mais elevada, as previsões dos modelos podem apresentar maiores divergências. Como ponto de partida iniciamos analisando o comportamento de cada modelo limitado a América do Sul, e após alterações pontuais no SUPIM deixamos o modelo preparado para a geração de mapas com níveis de TEC com alcance global ampliando o escopo de comparação. Cada mapa gerado pelo SUPIM possui o nível de TEC previsto para cada hora do dia, logo, cada dia possui 24 mapas. Outra mudança realizada no modelo do INPE foi a implementação da geração de arquivos no formato Ionospheric Exchange (IONex) ao final de cada simulação, um padrão estabelecido mundialmente para que se possa visualizar os mapas de TEC de diferentes modelos e compara-los sem nenhum tipo de alteração ou adaptação. Além das comparações, também mantemos a base de dados do INPE atualizada com simulações diárias de mapas do continente Sul Americano e globais. Os mapas diários da região da América do Sul ficam disponíveis para visualização no site do Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (EMBRACE). Atualmente estamos em processo de finalização da análise de desempenho do modelo SUPIM em comparação com outros modelos.
AreaCEA
TipoCEA
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > CRCRS > Avaliação e comparação...
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGPDW34R/3U53DE2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGPDW34R/3U53DE2
Idiomapt
Arquivo Alvo2019 GABRIEL FALCÃO.pdf
Grupo de Usuáriosself-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Grupo de Leitoresadministrator
rafael.santos@inpe.br
self-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.19
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
VinculaçãoTrabalho não Vinculado à Tese/Dissertação
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition numberofvolumes orcid pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarytype url versiontype volume
Área de controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

Fechar