Fechar
Metadados

%0 Thesis
%4 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2010/03.15.18.39
%2 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2010/03.15.18.39.28
%A Nascimento, Renata Fernandes Figueira,
%T Utilização de dados MERIS e in situ para a caracterização bio-óptica do reservatório de Itumbiara, GO
%D 2010
%E Novo, Evlyn Marcia Leão de Moraes (presidente),
%E Stech, José Luiz (orientador),
%E Kampel, Milton (orientador),
%E Lorenzzetti, João Antonio,
%E Calijuri, Maria do Carmo,
%8 2010-04-07
%J Bio-optical characterization of the Itumbiara reservoir, in Goias state, Brazil, using MERIS and in situ data
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%C São José dos Campos
%K reservatório, caracterização bio-óptica, MERIS, propriedades ópticas inerentes, qualidade da água, Itumbiara (GO), reservoir, bio optical characterization, MERIS, inherent optical properties, water quality, Itumbiara (Goias state).
%X O sensoriamento remoto de sistemas aquáticos envolve análises das variações da magnitude e qualidade da radiação que deixa a água para se obter informação sobre o tipo de substâncias presentes no corpo de água e suas respectivas concentrações. Essas substâncias apresentam comportamentos espectrais diferentes, interferindo assim de maneira diversa nas propriedades ópticas da água. As três principais substâncias reconhecidas são fitoplâncton, material em suspensão e matéria orgânica dissolvida. As alterações no espectro da água são decorrentes do efeito que essas substâncias têm sobre suas propriedades ópticas inerentes, absorvendo ou espalhando seletivamente a radiação eletromagnética. Assim, o objetivo principal desta dissertação é a caracterização bio-óptica da água do reservatório de Itumbiara - GO, a partir de dados orbitais do sensor Medium Resolution Imaging Spectrometer (MERIS), dados in situ e a utilização de modelos bio-ópticos desenvolvidos pela European Space Agency (ESA). Para alcançar este objetivo, métodos de análise como krigeagem ordinária, classificação por k-médias, análise derivativa e modelo linear de mistura foram aplicados no conjunto de dados. As estimativas de parâmetros geofísicos tais como a concentração de clorofila e totais de sólidos em suspensão, obtidos a partir de dados orbitais foram comparados com estimativas in situ. A análise conjunta dos dados limnológicos e espectrais mostrou uma compartimentação do reservatório na época de cheia (maio de 2009) em duas regiões distintas, sendo uma composta pelo corpo principal do reservatório e a outra, por uma região sob influência do rio Corumbá. No período de seca (setembro de 2009), a análise integrada dos dados mostrou o reservatório mais homogêneo. Entre os processadores de dados MERIS testados, o que mostrou melhor desempenho em relação a estimativas in situ, foi o Case 2 Regional (C2R), para os dados coletados no período de cheia. A medição e utilização de dados de propriedades ópticas inerentes da água de reservatórios no Brasil, ainda não são muito difundidas, apesar de serem amplamente realizadas em águas oceânicas e costeiras. Similarmente, dados do sensor MERIS não tem sido utilizados para a caracterização de águas interiores no país. Desta forma, este trabalho se apresenta como uma contribuição à utilização desses dados MERIS e de propriedades ópticas inerentes em águas interiores, esperando, assim, auxiliar e colaborar com trabalhos futuros. ABSTRACT: Remote sensing involves analyses of the variations in magnitude and spectral quality of the water-leaving radiation to derive quantitative information on the type of substances present in the water and their concentrations. Three main components, in addition to pure water itself, influence the optical properties of natural bodies of water. They are phytoplankton, suspended material and dissolved organic substances. The observed color of a water body becomes a direct consequence of the interaction of incident light field with water and these components. The inherent optical properties of relevance in this context are the absorption and the scattering coefficients. The main goal of this work is the bio-optical characterization of the Itumbiara reservoir, located in the State of Goias, Brazil. In situ data, Medium Resolution Imaging Spectrometer (MERIS) images and bio-optical models were analyzed by different methods like ordinary krigeage, k-means classification, derivative analysis and spectral unmixing. Integrated spectral and limnological data showed a partitioning of the reservoir in two different areas at high water level (May 2009): the Corumbá river arm and the main water body. At low water level (September 2009), the reservoir was more homogeneous. MERIS satellite estimates of chlorophyll-a concentration and suspended matter concentration were compared with in situ data. The Regional Case 2 Water (C2R) processor presented the best fit for the data set of May at high water level. The measurement and use of inherent optical properties and the application of MERIS images for inland studies in Brazil is still very new. Therefore, this work could represent a contribution and an initial reference for future similar works.
%P 113
%@language pt
%9 Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto)
%3 publicacao.pdf


Fechar